Sexta-feira
22 de Fevereiro de 2019 - 
Advocacia Empresarial, Mediação e Arbitragem
Advocacia Empresarial e Correspondencia

Liminar do TRF-1 garante bonificação de 20% para estudantes do Maranhão ingressarem na UFMA 18h26

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região, em Brasília, deferiu, na última quinta-feira (7), liminar que suspendeu a decisão em primeiro grau da Justiça Federal, atendendo a uma ação civil pública do Ministério Público Federal, que anulava a bonificação regional para alunos oriundos de escolas do Maranhão para o ingresso na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A decisão do TRF-1 foi dada pelo juiz federal Leão Aparecido Alves e tem como base a premissa de que constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, dentre outros, reduzir as desigualdades sociais e regionais. O deputado Professor Marco Aurélio (PCdoB) foi um dos defensores da causa, participando de inúmeras audiências na Reitoria da Universidade Federal do Maranhão, com a forte participação da Assembleia Legislativa, com professores e estudantes de todo o Maranhão. Marco Aurélio presidiu ainda uma audiência pública no município de Imperatriz com alunos e professores de toda a região Tocantina para discutir a bonificação, por meio da Frente Parlamentar em Defesa da Bonificação do Enem.  Segundo a decisão, a iniciativa não cria qualquer distinção entre brasileiros ou mesmo estrangeiros ao acrescer a nota dos alunos beneficiados, uma vez que para se obter o benefício basta que o aluno tenha cursado o último ano do ensino fundamental e todo o ensino médio em escolas maranhenses. Portanto, alunos de qualquer estado ou até mesmo estrangeiros podem ser beneficiados com o acréscimo desde que cumpra tal exigência. Marco Aurélio comemorou a decisão e ressaltou que os alunos oriundos de escolas do Maranhão só têm a ganhar. “A bonificação regional é uma medida que ajudará a combater uma grande injustiça que acontece nas nossas universidades. Em Imperatriz, por exemplo, a grande maioria dos alunos que entram no curso de Medicina não conclui o curso, em sua maioria de outros estados que acabam pedindo transferência para suas cidades de origem, deixando dezenas de vagas ociosas nas nossas universidades todo semestre", destacou o deputado. O deputado ressaltou a importância da união de todas as categorias que incorporaram e defenderam essa causa. “Agradeço, em especial, à Universidade Federal do Maranhão, por meio de sua Reitoria e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que corajosamente aprovou a resolução do Ingresso Qualificado, à Assembleia Legislativa do Maranhão, na pessoa do presidente Othelino Neto (PCdoB) e de todos os parlamentares que participam dessa luta. Agradeço também aos alunos e professores que sempre apoiaram e acreditaram na causa”, afirmou Marco Aurélio. Na tarde desta sexta-feira (8), o deputado Marco Aurélio reuniu-se com a reitora da UFMA, Nair Portela; com a pró-reitora de Ensino e Pesquisa, professora Dourivan Câmara; com o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, professor Allan Kardec, e toda a equipe da Reitoria para tratar dos próximos passos para que a bonificação esteja disponível para a chamada do SISU no segundo semestre. “A UFMA está muito feliz com essa notícia, trata-se de uma medida importante que garantirá aos nossos estudantes muito mais condições de ingresso à universidade. Agradeço ao empenho da Assembleia Legislativa, em especial ao deputado Marco Aurélio, que esteve conosco desde o início desta causa”, declarou a reitora Nair Portela.   A decisão tem caráter liminar, mas já anula a decisão que suspendia a bonificação e garante à UFMA implementar tal política afirmativa ainda no segundo semestre deste ano, caso não haja nenhuma mudança de efeito. O Tribunal Regional Federal da Primeira Região, em Brasília, deferiu, na última quinta-feira (7), liminar que suspendeu a decisão em primeiro grau da Justiça Federal, atendendo a uma ação civil pública do Ministério Público Federal, que anulava a bonificação regional para alunos oriundos de escolas do Maranhão para o ingresso na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A decisão do TRF-1 foi dada pelo juiz federal Leão Aparecido Alves e tem como base a premissa de que constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, dentre outros, reduzir as desigualdades sociais e regionais. O deputado Professor Marco Aurélio (PCdoB) foi um dos defensores da causa, participando de inúmeras audiências na Reitoria da Universidade Federal do Maranhão, com a forte participação da Assembleia Legislativa, com professores e estudantes de todo o Maranhão. Marco Aurélio presidiu ainda uma audiência pública no município de Imperatriz com alunos e professores de toda a região Tocantina para discutir a bonificação, por meio da Frente Parlamentar em Defesa da Bonificação do Enem.  Segundo a decisão, a iniciativa não cria qualquer distinção entre brasileiros ou mesmo estrangeiros ao acrescer a nota dos alunos beneficiados, uma vez que para se obter o benefício basta que o aluno tenha cursado o último ano do ensino fundamental e todo o ensino médio em escolas maranhenses. Portanto, alunos de qualquer estado ou até mesmo estrangeiros podem ser beneficiados com o acréscimo desde que cumpra tal exigência. Marco Aurélio comemorou a decisão e ressaltou que os alunos oriundos de escolas do Maranhão só têm a ganhar. “A bonificação regional é uma medida que ajudará a combater uma grande injustiça que acontece nas nossas universidades. Em Imperatriz, por exemplo, a grande maioria dos alunos que entram no curso de Medicina não conclui o curso, em sua maioria de outros estados que acabam pedindo transferência para suas cidades de origem, deixando dezenas de vagas ociosas nas nossas universidades todo semestre", destacou o deputado. O deputado ressaltou a importância da união de todas as categorias que incorporaram e defenderam essa causa. “Agradeço, em especial, à Universidade Federal do Maranhão, por meio de sua Reitoria e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que corajosamente aprovou a resolução do Ingresso Qualificado, à Assembleia Legislativa do Maranhão, na pessoa do presidente Othelino Neto (PCdoB) e de todos os parlamentares que participam dessa luta. Agradeço também aos alunos e professores que sempre apoiaram e acreditaram na causa”, afirmou Marco Aurélio. Na tarde desta sexta-feira (8), o deputado Marco Aurélio reuniu-se com a reitora da UFMA, Nair Portela; com a pró-reitora de Ensino e Pesquisa, professora Dourivan Câmara; com o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, professor Allan Kardec, e toda a equipe da Reitoria para tratar dos próximos passos para que a bonificação esteja disponível para a chamada do SISU no segundo semestre. “A UFMA está muito feliz com essa notícia, trata-se de uma medida importante que garantirá aos nossos estudantes muito mais condições de ingresso à universidade. Agradeço ao empenho da Assembleia Legislativa, em especial ao deputado Marco Aurélio, que esteve conosco desde o início desta causa”, declarou a reitora Nair Portela.   A decisão tem caráter liminar, mas já anula a decisão que suspendia a bonificação e garante à UFMA implementar tal política afirmativa ainda no segundo semestre deste ano, caso não haja nenhuma mudança de efeito.
08/02/2019 (00:00)

Acompanhe seus Processos

Notícias

Notícias

Receba informações jurídicas atualizadas

Webmail Ivaldo Praddo

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,71 3,71
EURO 4,21 4,21

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .
Visitas no site:  1289193
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia